Conselhos de avó que se transformaram em negócio

Jovem aprende a costurar suas próprias gravatas e cria um negócio bem sucedido

Imagine-se dono de um negócio de 200mil dólares (600mil reais) e com mentoria gratuita de um nome de peso do mercado de moda. Acha improvável? Bom, esta é a realidade de Moziah Bridges desde que criou sua empresa de gravatas borboleta em 2011. Tudo aconteceu naturalmente, segundo ele. Ah! Só um detalhe: ele tem apenas 13 anos.

A Mo’s Bows nasceu quando Moziah tinha apenas 9 anos. Sua avó, uma costureira aposentada, sempre lhe falava da importância de se vestir bem. Ele então pediu a ela que lhe ensinasse a costurar para que pudesse criar suas próprias gravatas. E não demorou muito para que o garoto começasse a vender suas criações online.

conselhodenegócio

Foi depois de participar de um programa de TV, em que investidores apostam ou não em projetos de pessoas comuns, que a Mo’s Bows ganhou notoriedade. O investidor e um dos apresentadores do programa Daymond John, da FUBU, ofereceu até uma mentoria gratuita para o garoto porque ele se identificou com  a história e quis ajudá-lo de alguma forma.

A ajuda já veio em importantes conselhos de negócio. Vários empresários procuraram Moziah para oferecer parcerias com participação nos lucros, mas Daymond o aconselhou a não “vender” sua empresa enquanto ela ainda está em crescimento. O melhor a se fazer, no caso da Mo’s Bows, era fechar acordos de licenciamento para vender suas gravatas em outras lojas como aconteceu ano passado com a Cole Haan.

negócio de avó

Hoje, a Mo’s Bows conta com 7 funcionários, entre eles a mãe e avó de Moziah. Seus planos para o futuro são expandir sua produção para gravatas convencionais (outro conselho de Daymond) e até os seus 20 anos ter sua própria linha de roupas.

Ele tem disciplina e força de vontade de sobra e seu mentor e família não duvidam que ele conseguirá atingir seus objetivos antes mesmo de chegar à vida adulta. Estamos também na torcida, Moziah!

 

Tags

Comentários